Visitantes

quarta-feira, 15 de setembro de 2021

CLAREZA

˚ * ˚

.. ˚ ˚ * ˚ ˚ *


Meu descaminho

é um percurso longo

cantarolado na ponta da lança

o que me exige esperteza

coragem... fortaleza

por que o horizonte é do tamanho 

da minha clarividência.


Maria Lucia ( Centelha)

˚ * ˚

.. ˚ ˚ * ˚ ˚ *

  

22 comentários:

  1. Olá, poetisa Lucia!
    Belíssimo poema aqui nos presenteias!

    No descaminho de nós
    na sua insana incerteza
    encontraremos o caminho
    que nos dê alegria e alento
    com toda a sua beleza...

    Gostei muito!

    Parabéns!!
    Beijinhos doces...

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá poeta Mário Margaride!!
      Seu comentário poético me felicita imensamente. Grata, amigo.
      Beijinho!!!!

      Excluir
  2. Bom dia de paz, querida amiga Maria Lúcia!
    A clarividência faz milagres pelo caminhar e não não nos leva a desenganos maiores.
    Que a coragem unida à fortaleza sejam nossa edificação!
    Tenha dias abençoados!
    Beijinhos com carinho de gratidão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disseste tudo doce Rosália. É preciso mesmo cultivar ou desenvolver a clarividência pra que tenhamos um caminhar seguro.
      Gratidão querida.
      Beijo 💋carinhoso.

      Excluir
  3. MARIA LÚCIA,
    O teu horizonte não tem limites, nem fronteiras!
    Vai muito além do que o olhar alcança!

    Doces beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como é bom ler essas palavras poeta Albino. É que às vezes, o horizonte está logo ali ...
      Grata pelo carinho.
      Doces beijos !!

      Excluir
  4. Uau gostei da foto.
    Realça muito bem a fotogenia
    :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada 💋 Porventura!!! 💋
      Sua vinda me felicita .
      💋beijo.

      Excluir
    2. Agradeço a menção à foto. Que bom que gostaste. Beijo

      Excluir
  5. Lucidez, requer coragem, retidão, sempre, querida... há de se ter discernimento, há de se deixar a luz interior aflorar e mostrar os verdadeiros caminhos, pois, pela nossa humanidade, vez ou outra viram des(caminhos) e nos estreitam os horizontes e consequentemente a clarividência.
    Seu poema-recado é intenso, firme e belo!
    Me desculpe se divaguei demais, amiga... só escrevi o que me veio.
    Sua foto está linda.
    Beijinhos
    Valéria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpar ? Oh, querida Valeria, eu só tenho a agradecer , agradecer, agradecer!!!
      Sua percepção ao poema, foi cristalina. Inspiradora. Mediúnica !! Sim, concordo com o que veio à sua mente e coração. Poema-recado, taí, gostei.
      Grande abraço, E beijinhos carinhosos , amiga !

      Excluir
  6. Bello poema la luz requiero fe y sinceridad de nuestra parte. Te mando un beso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua vinda me faz feliz, J.P. Alexander. Suas palavras sinceras, é um carino. Te mando un beso.

      Excluir
  7. Para além da coragem e a força, também é mesmo preciso a esperteza.
    Magnífico poema, gostei imenso das suas palavras.
    Tal como da foto, preciosa.
    Bom fim de semana, amiga Maria Lúcia.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O poeta sempre me deixando por aqui palavras que me aquecem o ❤coração!
      Grata, Jaime Portela!!
      💋beijo 💋

      Excluir
  8. Olá, Lucia!
    Passando por aqui, relendo este lindo poema que muito apreciei, e desejar um feliz fim de semana com tudo de bom.
    Beijinhos doces.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grata querido poeta pelo retorno, o que me faz feliz.
      Feliz final de semana pra nós.
      💋beijo !!

      Excluir
  9. Maria Lucia, tus letras llegan
    profundo, como dicen la fe mueve
    montanas y nunca hay que perderla
    chica bella, lindo finde para ti.

    Besitos dulces

    Siby

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siby , muito obrigada. Sua vinda muito me alegra.
      💋besitos dulces

      Excluir
  10. Great pic and article. I followed your blog now. Thx

    ResponderExcluir

Que bom que veio!!
Sinto-me grata e feliz por isso!
Graças a um poder imortal a poesia se solta da palavra e se desmancha na alma de quem a recebe